29Julho2014

Notícias Utilidade Pública Premax Engenharia: empresa fecha as portas antes de entregar apartamentos

portal-morada-dos-ipes

Premax Engenharia: empresa fecha as portas antes de entregar apartamentos

A Premax Engenharia, responsável pelos condomínios Villa Veneto e Residencial Linhares, no bairro Shell, fechou e os clientes que adquiriram imóveis estão desesperados.

O comerciante Marlon Lima disse que adquiriu um apartamento no Residencial Villa Veneto, em 2010, no valor de R$ 90 mil dando uma entrada de R$ 20 mil na assinatura do contrato, e o restante financiado pelo Programa Minha Casa Minha Vida. “Estava sempre acompanhando as obras, e a previsão de entrega era em janeiro deste ano. Eu recebi um comunicado via e-mail que seria entregue em Abril. Mas no mês de Abril fomos convocados para uma reunião de condomínio, onde foram entregues os carnês de IPTU. Acredito que todos tenham efetuado o pagamento do imposto, e na reunião informaram que as obras seriam entregues em Junho”, disse.

“Quando chegou em junho os funcionários da Premax Engenharia pararam de informar os clientes, demitiram alguns colaboradores e o andamento das obras estava lento. A semana passada fui informado que a empresa estava tendo alguns problemas financeiros e foi feita uma nova prorrogação da entrega do condomínio Villa Veneto, já para Janeiro de 2014. No momento as obras estão paralisadas e o espaço do condomínio e o escritório está fechado”.

Marlon disse ainda, que esteve na Agência da Caixa Econômica Federal (CEF) de Linhares e foi informado que deve aguardar o posicionamento da Superintendência da Caixa Econômica de Vitória.

O advogado linharense Cleylton Mendes Passos,  já havia ingressado com ação de falência contra a Premax desde fevereiro de 2012. O processo tramita na 1ª Vara Cível de Linhares.  Na época, os clientes do advogado cobravam valores referentes a comissões de corretagem não pagos. Nos autos, o advogado apresentava inúmeras inscrições de SPC e Serasa da empresa. Para garantir  o recebimento dos valores foi requerido e determinado o depósito em juízo dos valores discutidos.

A Caixa Econômica Federal divulgou nota sobre o assunto:

A CAIXA ainda não tem posição oficial da falência da construtora. Porém, em consideração ao ritmo das obras contratadas, a CAIXA já iniciou a providência de substituição da mesma. A Caixa informa, ainda, que estas providências já estão em curso.

A Redação do Portal Ouro Negro entrou em contato com o escritório da Premax situado no bairro Shell em Linhares e não obteve êxito.

Entramos em contato com a assessoria de comunicação da Superintendência da Caixa Econômica Federal (CEF) de Vitória, que estará enviando nota sobre o assunto.

Redação Portal Ouro Negro