17Agosto2019

NOTÍCIAS POLÍTICA Estado iguala regras tributárias do leite de uso industrial no Espírito Santo

emdiacomunicacao.vcjasaiunamidia

Estado iguala regras tributárias do leite de uso industrial no Espírito Santo

A medida beneficia 34 empresas de pequeno porte e cinco cooperativas

 Estado-iguala-regras-tributrias-do-leite-de-uso-industrial-no-Esprito-Santo

O Governo do Estado publicou nesta quinta-feira (08), no Diário Oficial, decreto que uniformiza as regras tributárias do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do leite pasteurizado ou ultrapasteurizado (UHT) com o do leite termizado nas operações interestaduais.

Leia também  >>  Pâmela Maia assume vaga de vereadora cassada por rachid em Linhares

O pedido do deputado Da Vitória ao governador Renato Casagrande havia sido realizado após pleito da Organização das Cooperativas Brasileiras do Espírito Santo (OCB/ES), da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) e do Sindicato das Indústrias de Laticínios do Estado (Sindilates) ao parlamentar. A medida beneficia 34 empresas de pequeno porte e cinco cooperativas, além de mais de cinco mil produtores de leite e cooperados, segundo dados da OCB.

"Com esse decreto, o governador resolve um impasse jurídico que havia na indústria do leite no Estado, facilitando o cumprimento das obrigações tributárias, e valorizando a competitividade da indústria leiteira do Espírito Santo", destaca o deputado Da Vitória.

O decreto 4485-R, que altera as regras do ICMS do leite fluído a granel de uso industrial, foi assinado pelo governador Renato Casagrande no último dia 28 de julho e está publicado na edição desta quinta-feira (08) do Diário Oficial do Estado. Com a medida, o crédito presumido de ICMS para todas as operações interestaduais fica igualado a 11%, uniformizando o ordenamento do tratamento térmico do produto. 

Leia também  >>  Vereadora de Linhares tem mandato cassado por prática de ''rachid''

No pedido encaminhado ao deputado Da Vitória, o setor das indústrias e cooperativas aponta que em nível nacional já não havia distinção na tributação dos procedimentos de tratamento térmico do leite — termização, pasteurização e ultrapasteurização —, que se diferenciam apenas no que diz respeito a temperatura a qual o produto é submetido.

Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.