24Setembro2018

NOTÍCIAS POLÍCIA Georgeval é indiciado por estupro ocorrido em Linhares em 2015

farmacias-de-plantao

Georgeval é indiciado por estupro ocorrido em Linhares em 2015

Segundo a polícia, a vítima só procurou a delegacia após a conclusão do inquérito que investigava a morte dos irmãos

Georgeval--indiciado-por-estupro-ocorrido-em-Linhares-em-2015

Georgeval Alves, acusado de matar e estuprar o filho, Joaquim Alves Sales, de 3 anos e o enteado, Kauan Sales Burkovsky, de 6 anos, em Linhares, foi indiciado por mais um estupro no mesmo município. De acordo com a Polícia Civil, o caso teria ocorrido em 2015, mas a mulher só procurou a delegacia agora, após a conclusão do inquérito policial que investigava a morte dos irmãos.


Fique EM DIA com notícias relacionadas à POLÍCIA.

Suspeito de tráfico de drogas é preso pela Polícia Militar

Polícia Militar apreende armas de fogo e drogas em três ações em Linhares


O crime foi relatado na 16ª Delegacia Regional de Linhares e o inquérito foi concluído e enviado ao Ministério Público no último dia 4. A defesa de Georgeval Alves informou, ao jornal online Folha Vitória, que ainda não teve conhecimento do teor do novo indiciamento em Linhares por estupro.

Prisão

Georgeval, que está preso desde o dia 28 de abril, é apontado como o principal responsável pela morte dos irmãos. A Polícia Civil concluiu que ele abusou sexualmente e matou o filho e o enteado na noite do incêndio. As investigações apontaram ainda que as crianças morreram carbonizadas e que o fogo foi ateado no quarto, quando elas ainda estavam vivas.

A esposa de Georgeval e mãe dos irmãos, Juliana Sales, também foi presa no município de Teófilo Otoni, em Minas Gerais. O mandado de prisão por homicídio qualificado foi expedido no dia 18 de julho, pelo juiz André Bijos Dadalto, da 1ª Vara Criminal de Linhares e cumprido pela Polícia Civil de Minas.

Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.