22Outubro2018

NOTÍCIAS POLÍCIA Polícia Civil nega noticias veiculadas em sites de exumação do corpo da filha dos pastores

farmacias-de-plantao

Polícia Civil nega noticias veiculadas em sites de exumação do corpo da filha dos pastores

A informação sobre o suposto pedido de exumação foi desmentida pela Sesp por meio de nota

Polcia-Civil-nega-noticias-veiculadas-em-sites-de-exumao-do-corpo-da-filha-dos-pastores

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp/ES) negou que a Polícia Civil do Estado (PCES) tenha solicitado pedido de exumação do corpo da filha dos pastores George Alves e Juliana Sales.


Fique EM DIA com notícias relacionadas à POLÍCIA.

Homenagens a Joaquim e Kauã após tragédia completar um mês. Veja vídeo

"Avestruz" é assassinado poucos dias depois de deixar a prisão em Linhares


A informação sobre o suposto pedido de exumação circulou em sites de notícias do Espírito Santo durante esta segunda-feira (21), mas foi desmentida pela Sesp por meio de nota.

A filha do casal morreu há dois anos, quando tinha três meses de idade. A criança faleceu por conta de um problema intestinal, conforme disse o pastor após coleta de material genético, realizada no dia 23 de abril, no Departamento Médico Legal (DML) de Vitória.

"Há cerca de pouco mais de um ano perdi uma filha por um problema intestinal. Se não fosse ele [Deus] eu não estaria aqui", comentou George, na ocasião.

Incêndio

George é pai de Joaquim e padrasto de Kauan Sales. Os meninos foram encontrados mortos após um incêndio ocorrido na casa onde moravam, no município de Linhares, no último dia 21 de abril. No momento do incêndio, apenas George e as crianças estavam em casa.

Após o incêndio, o pastor disse que ficou com os pés e as mãos queimadas durante tentativa de resgatar as crianças do incêndio. Ele também contou que estava dormindo no momento que o fogo começou e quando acordou viu tudo pela babá eletrônica.

Prisão

No dia 28 de abril, George Alves foi preso por estar atrapalhando as investigações da polícia sobre o caso. O juiz que determinou a prisão do pastor expediu uma liminar com base no resultado dos exames de perícia.

No último dia 17, os delegados que acompanham o caso na 16ª Delegacia Regional de Linhares disseram que a Polícia Civil trabalha com a linha de investigação de homicídio na morte dos irmãos e que pediu a prorrogação da prisão temporária do pastor.

O pedido de prorrogação foi aceito pela Justiça e George Alves segue detido no Centro de Triagem de Viana.

Acompanhe o caso desde o dia do incêndio nos links abaixo.

Homenagens a Joaquim e Kauã após tragédia completar um mês. Veja vídeo

Morte de irmãos: Ato solidário em Linhares e pai de Kauan é chamado para depor

Mortes dos irmãos Kauã e Joaquim estão sendo investigadas como homicídio

PM de Linhares fará escolta da pastora Juliana Salles no sepultamento dos filhos

Tragédia em Linhares: Sepultamento de Kauan e Joaquim será nesta quinta (10) e terá apoio da PM

Pastor George pode ser liberado para sepultamento de Kauan e Joaquim

Corpos de Kauan e Joaquim são liberados para sepultamento

. Vídeos: Secretário de Segurança e o Chefe da PC falam sobre investigação das mortes de Kauan e Joaquim

Pastor George preso está em cela isolada em Viana

Após nova perícia, PC vai fazer reconstituição da tragédia que matou Kauan e Joaquim

Pastor é preso por atrapalhar investigações sobre a morte dos irmãos Joaquim e Kauan

Terceira perícia é realizada na casa onde duas crianças morreram carbonizadas

Mãe das crianças mortas em incêndio também presta depoimento à polícia em Linhares

Nova perícia na casa em que os irmãos Kauan e Joaquim morreram

Os corpos das crianças que morreram carbonizados em Linhares, vão passar por exame de DNA

Duas crianças morrem carbonizadas em incêndio no centro de Linhares

Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.