22Julho2019

NOTÍCIAS GERAL ICEPi e Sociedade Brasileira de Medicina Hospitalar assinam termo de cooperação

farmacias-de-plantao

ICEPi e Sociedade Brasileira de Medicina Hospitalar assinam termo de cooperação

O projeto do Espírito Santo vai ser fundamental para o modelo de medicina hospitalar para todo o Brasil"

ICEPi-e-Sociedade-Brasileira-de-Medicina-Hospitalar-assinam-termo-de-cooperao

Com o intuito de desenvolver e estabelecer relações de cooperação acadêmica, científica e cultural, o Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde, o ICEPi firmou um termo de cooperação junto à Sociedade Brasileira de Medicina Hospitalar (SOBRAMH) na última quarta-feira (19).

Leia também  >>     Detran realiza campanha que alerta para o uso de redes sociais e celular ao volante

A cerimônia para a assinatura aconteceu na sede da Secretaria de Estado da Saúde, na Enseada do Suá, em Vitória, e contou com a presença da diretora do ICEPi, Quelen Tanize, e do presidente do SOBRAMH, André Wajner.

Um dos objetivos do termo é realizar treinamentos de supervisores de medicina hospitalar e de hospitalistas em toda a rede de saúde do Espírito Santo.

Segundo Quelen, a formação de médicos hospitalistas será uma das estratégias para a mudança do modelo de atenção hospitalar, que será centrado no usuário, com maior compreensão de fluxos assistenciais e institucionais.

"Esta formação permite a organização de um profissional que atua na economia de recursos, na melhora da qualidade assistencial e na segurança do paciente", explicou Quelen.

Leia também  >>     Saiba qual a tendência climática para o inverno no Espírito Santo

Para André Wajner, "o projeto do Espírito Santo vai ser fundamental para o modelo de medicina hospitalar para todo o Brasil".

Clique aqui para ter acesso ao Termo de Cooperação.

Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.