15Novembro2018

NOTÍCIAS GERAL Nível da lagoa Juparanã em Linhares começa a diminuir após abertura de canal
e-mailmarketing082015

farmacias-de-plantao

Nível da lagoa Juparanã em Linhares começa a diminuir após abertura de canal

Com a medida, as áreas inundadas estão sendo desalagadas

Nvel-da-lagoa-Juparan-em-Linhares-comea-a-diminuir-aps-abertura-de-canal

Após quase 40 dias da reabertura do canal no rio Pequeno que escoa a lagoa Juparanã, o nível da água já baixou 1,49 metro e chegou a 7,49 metros. Segundo a Fundação Renova, no dia 22 de setembro, o canal foi reaberto após as obras de ampliação da vazão, o nível estava em quase 9 metros. O menor volume da água na lagoa também reflete na vazão do canal, que no domingo (28) foi de 19,96 m3/s.


Fique EM DIA com notícias relacionadas à GERAL.

Linhares: estão abertas as rematrículas de alunos da Educação Infantil

Comércio capixaba busca capital de giro para as vendas de Natal


Essa redução cumpre a primeira meta estabelecida pela Fundação Renova, de deixar o nível da lagoa Juparanã entre 6,5 metros e 7,5 metros. Com a medida, as áreas inundadas estão sendo desalagadas. A partir de agora, há previsão apenas de manutenções e limpeza durante o período chuvoso.

Wilians Arruda, especialista de Projetos e Obras da Fundação Renova, explica que a diminuição no nível da lagoa tem como objetivo garantir a segurança da região durante o período chuvoso, que vai até março de 2019. “O nível continua baixando e pode chegar a 6,5 metros, que é o nível mínimo para a calha do rio. Vale ressaltar que todos os esforços e recursos que foram despendidos tiveram esse objetivo, e nossa meta foi alcançada com sucesso.”

Durante a semana de reabertura do canal, as 56 famílias que moram às margens do rio, foram realocadas para residências temporárias ou hotéis com os custos pagos pela Fundação Renova. Atualmente, 27 famílias já retornaram para suas casas, e a situação de cada uma delas está sendo monitorada por meio de um plano de emergência a fim de garantir a segurança durante o período chuvoso.

Por isso, a Fundação Renova, Defesa Civil de Linhares e o Corpo de Bombeiros, de acordo com o que foi estabelecido pelo Plano de Gerenciamento de Risco, realizaram um simulado de evacuação para preparar os moradores em situação de emergência. O treinamento simulou um possível rompimento do barramento e mostrou aos moradores quais as medidas de segurança devem ser tomadas imediatamente. Vale ressaltar que essa é uma medida preventiva.

Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.