17Outubro2019

emdiacomunicacao.vcjasaiunamidia

Audiência pública em Linhares, aborda tema do bairro com mais assassinatos no Estado

Situação do SML também estará na pauta da reunião

Audincia-pblica-em-Linhares-aborda-tema-do-bairro-com-mais-assassinatos-no-Estado-01

O bairro Interlagos em Linhares registrou a maior quantidade de assassinatos no Espírito Santo até maio deste ano, o assunto será um dos temas da audiência pública da Comissão de Segurança e Combate ao Crime Organizado, presidida pelo deputado Delegado Danilo Bahiense (PSL), em Linhares. O evento acontece nesta quarta-feira (10), às 19h, na Câmara Municipal de Linhares.

Leia também  >>   Mala com 15 kg de carne de rato é apreendida em aeroporto

Para a reunião extraordinária do colegiado, denominada como "Segurança Pública: Direito e Prioridades", foram convidados representantes da Prefeitura e Câmara de Linhares, bem como autoridades das Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Ministério Público e Justiça. Toda a população linharense é convidada a participar.

Dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) mostram que o bairro Interlagos registrou sete homicídios, sendo o bairro com mais assassinatos do Espírito Santo. Se somados com os outros dois casos do Interlagos I, as ocorrências sobem para nove, na sequência aparece o bairro Nova Esperança, com quatro delitos, e Planalto, com três, completam os primeiros lugares no ranking de locais com mais crimes contra a vida em Linhares.

"Precisamos entender a razão do bairro Interlagos estar com essa indesejada situação. No ano passado, até maio, já havia mais oito homicídios. Trata-se da área mais populosa de Linhares, com mais de 30 mil habitantes e cerca de 8 mil domicílios. É maior do que muitos municípios", destacou o parlamentar.

No geral, os números de homicídios dolosos da cidade estão em queda. O primeiro semestre de 2019 contabilizou 35, enquanto 39 ocorreram na mesma faixa de tempo do ano passado.

Leia também  >>   Dia de Nossa Senhora da Penha passa a ser feriado em todo o Espírito Santo

SML de Linhares

Também serão debatidas as condições de efetivo das Polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros. Outro assunto pertinente à cidade é a condição do Serviço Médico Legal (SML) da cidade.

A reforma da unidade, que se arrasta por anos, está parada e a Justiça já pediu agilidade nas obras. A Justiça realizou uma visita surpresa e verificou-se que não realizado o acordo com o Ministério Público, para que as benfeitorias fossem realizadas.

A obra deverá ser realizada em duas etapas. Na primeira, será feita a reforma da parte superior, onde funcionarão consultórios para atendimento ao público e alojamentos para os servidores que trabalham no local. Esta etapa será de responsabilidade da Polícia Civil. A segunda etapa será na parte inferior do prédio, onde haverá melhorias na sala de necrópsias, além de manutenção na estrutura. Esta etapa será de responsabilidade da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP). A previsão é que toda a reforma seja concluída em até 36 meses.

Ainda sobre os SML, Bahiense apresentou indicação ao governo do Estado para implantar o Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) junto aos Serviços Médicos Legais (SML) de Cachoeiro de Itapemirim, Colatina e Linhares. O tema também foi discutido com o governador Renato Casagrande, em encontro no Palácio Anchieta.

O parlamentar destacou que a adoção dessa estrutura junto ao SML, utilizando médicos da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), tende a aprimorar o serviço de liberação de corpos tanto de vítimas de mortes violentas quanto de mortes naturais, não sendo necessário trazer mais corpos de vítimas a Vitória para tais liberações.

"Para se ter uma noção, os Serviços de Verificação de Óbito fizeram 3.700 atendimentos no ano passado, enquanto que o Departamento Médico Legal (DML) e os SMLs fizeram 3.873 ações, em geral. Certamente os profissionais da Sesa são habilitados e o trabalho em conjunto só tende a melhorar o serviço para quem precisa e precisa liberar o corpo de um ente querido num momento tão difícil", lembrou o parlamentar.

O quadro da Polícia Civil prevê que 78 médicos legistas trabalhem, no entanto há somente 38. Quanto aos auxiliares de perícia médico legal, o regimento aponta para 99 cargos, só que somente 33 estão ocupados. Os SMLs de Colatina, Cachoeiro e Linhares, por vezes, ficam desfalcados, havendo situações em que faltam médicos.

O governador disse ao deputado que pretende implantar a ideia e ainda estuda equiparar o salário dos médicos legistas com o dos profissionais da Sesa. O vencimento base do médico da PCES é de R$ 5.103,84, enquanto o piso de um profissional médico da Sesa é de R$ 7.752,46, chegando a R$ 11 mil, com as gratificações.

Leia também  >>   Marcelo Japhet Giurizato toma posse como novo presidente da ADEL

Bairros com mais assassinatos em Linhares até maio de 2019

Interlagos – 7 (e mais 2 em Interlagos I)

Nova Esperança – 4

Planalto – 3

Santa Cruz – 2

Interlagos I – 2

Bairros com mais assassinatos em Linhares até maio de 2018

Interlagos – 8

Aviso – 6

Santa Cruz – 5.

Redação Portal Linhares Em Dia

Fonte: Transparência da Secretaria de Estado da Segurança Pública


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.

logo.sitelinharesemdia.rodape
Linhares Em Dia é Marca Registrada®
© Copyright Linhares EM DIA 2010 - 2019
Todos os direitos reservados. All rights reserved.
Informação com conteúdo e credibilidade.   Information with content and credibility.
Contato - Home - Geral - Polícia - Saúde - Esporte - Política - Entretenimento
Destaque - Filmes em Cartaz - Empregos|Cursos|Concursos - Falo Mesmo
Produtos e Serviços - Farmácias de Plantão