22Julho2019

farmacias-de-plantao

Detran realiza campanha que alerta para o uso de redes sociais e celular ao volante

Campanha educativa para conscientizar os capixabas de que redes sociais não combinam com direção

Detran-realiza-campanha-que-alerta-para-o-uso-de-redes-sociais-e-celular-ao-volante

Atento às consequências negativas decorrentes da utilização do celular ao volante, o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) colocou no ar, nesta semana, uma campanha educativa para conscientizar os capixabas de que redes sociais não combinam com direção.

Leia também  >>     Saiba qual a tendência climática para o inverno no Espírito Santo

O aumento do número de aparelhos celulares e a popularização nos preços de planos de telefonia aliados à desobediência das leis de trânsito têm feito com que muitos condutores causem ou se envolvam em acidentes.

Dados da Administração Nacional de Segurança Viária (NHTSA) mostram que o uso do aparelho celular aumenta em 400% os riscos de sofrer um acidente no trânsito. No Brasil, a situação representa a terceira maior causa de mortes nas cidades.

O diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, destaca que a educação no trânsito será cada vez mais difundida no Espírito Santo por meio de campanhas, ações educativas e novos projetos para reduzir o número de acidentes causados por distração e imprudência nas vias e rodovias.

“Nos três primeiros meses desse ano, mais de 4.200 multas foram aplicadas no Espírito Santo porque pessoas cometeram infrações ligadas ao uso do celular ao volante. Não se trata de uma infração sem importância. Pessoas morrem no trânsito por causa do uso do celular e todos precisamos mudar essa realidade”, assinala Givaldo Vieira.

Leia também  >>     Mulher chega a pesar 202 kg e emagrece 96 com aulas de dança

A campanha na mídia

Veiculada na televisão, no rádio, nos jornais impressos e em portais na Internet, a campanha educativa se baseou em um estudo feito em 2017 pelo Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi). O levantamento aponta, por exemplo, que desviar o olhar para responder uma mensagem à velocidade de 80 km/h equivale a dirigir a extensão de um campo de futebol inteiro com os olhos fechados. Ou seja, a 120 metros.

A propaganda, produzida com simulações do uso de aplicativos de mensagens e redes sociais ao volante, tem um mesmo cenário e três personagens diferentes: o condutor abre a porta do carro, coloca o cinto de segurança, liga o veículo e, por último, amarra uma venda nos olhos. Em seguida, a tela fica preta e aparece a simulação de uma conversa nas referidas redes sociais com mensagens que reproduzem dados do estudo feito pela Cesvi. O objetivo da campanha é abrir os olhos dos capixabas para que não usem o celular ao volante.

Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.