21Março2019

farmacias-de-plantao

Saiba como evitar acidentes com escorpião que são frequentes no estado durante o verão

Uma das espécies mais perigosas e que causa acidentes graves é o escorpião amarelo (Tityus serrulatus)

Saiba-como-evitar-acidentes-com-escorpio-que-so-frequentes-no-estado-durante-o-vero

No verão é preciso estar alerta para alguns animais peçonhentos que por causa do calor, começam a aparecer em áreas urbanas, principalmente nas residências. O escorpião se alimenta principalmente de baratas nesta época do ano, outro inseto muito presente dentro das casas.


Fique EM DIA com notícias relacionadas à GERAL.

Procon orienta sobre volta às aulas em Linhares

Feiras livres funcionam normalmente no verão em Linhares


Uma das espécies mais perigosas e que causa acidentes graves é o escorpião amarelo (Tityus serrulatus), encontrado com mais frequência na Região Sudeste e, consequentemente, no Espírito Santo.

No ambiente urbano, a orientação para evitar a entrada de escorpiões em casas e apartamentos é usar telas em ralos de chão, pias e tanques, além de vedar frestas nas paredes e colocar soleiras nas portas. Os cuidados incluem ainda afastar camas e berços das paredes e vistoriar roupas e calçados antes de usá-los. Já em áreas externas, a principal dica é manter jardins e quintais livres de entulhos, folhas secas e lixo doméstico.

Também é importante manter todo o lixo da residência em sacos plásticos bem fechados para evitar baratas, que servem de alimento e, portanto, atraem os escorpiões. Outra recomendação é manter o gramado sempre aparado, não colocar a mão em buracos, embaixo de pedras ou em troncos apodrecidos e usar luvas e botas de raspas de couro na hora de manusear entulhos e materiais de construção e em atividades de jardinagem.

Como evitar que esse animal frequente às residências?

Manter limpa as casas, quintais e terrenos baldios; evitar acúmulo de lixo e entulhos; vedar acessos pelas frestas de portas e janelas; eliminar insetos que são presas como aranhas, baratas e grilos; manter caixa de esgoto e ralos vedados; examinar toalhas, roupas, sapatos e roupas de cama antes de usar.

O que fazer se encontrar o escorpião dentro de casa?

Ligar para a Ouvidoria 162, e solicitar vistoria ou captura. Caso o morador consiga capturar o animal, é necessário enviá-lo à Unidade de Vigilância de Zoonoses, localizada na Avenida Carlos Lindemberg. Telefone: 3226-9499.

O que fazer em casos de acidentes?

Lavar a área picada com água e sabão, aplicar compressa morna no local e procurar pronto socorro imediato. É necessário que os prontos socorro tenham soro antiescorpiônico.

O que NÃO fazer em caso de acidente escorpiônico?

– Não amarrar ou fazer torniquete;

– Não aplicar qualquer tipo de substância sobre o local da picada (fezes, álcool, querosene, fumo, ervas, urina), nem fazer curativos que fechem o local, pois isso pode favorecer a ocorrência de infecções;

– Não cortar, perfurar ou queimar o local da picada;

– Não dar bebidas alcoólicas ao acidentado, ou outros líquidos como álcool, gasolina ou querosene, pois não têm efeito contra o veneno e podem agravar o quadro.

Recomendações

As recomendações incluem ir imediatamente ao hospital de referência mais próximo e, se possível, levar o animal ou uma foto para identificação da espécie. Limpar o local da picada com água e sabão, de acordo com o ministério, pode ser uma medida auxiliar, desde que não atrase a ida ao serviço de saúde.

A lista de hospitais de referência para utilização do soro antiescorpiônico pode ser acessada aqui.

Números

Dados do ministério da saúde mostram que, em 2018, foram contabilizados 141,4 mil casos de acidentes com escorpiões no Brasil. Em 2017, foram 125 mil registros. Os números, de acordo com a paasta, ainda são preliminares e serão revisados. Em 2016, foram 91,7 mil notificações. Em relação às mortes, 115 óbitos foram registrados em 2016 e 88 em 2017.

Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.