228 08/07/2020 às 07:30 - última atualização 08/07/2020 às 14:52

Indicador do Ipea mostra avanço de 28,2% nos investimentos em maio

Redação Em Dia ES

Na comparação com maio de 2019, o indicador recuou 19,6%, enquanto o trimestre móvel terminado em maio ficou 18,4% abaixo do registrado em igual período do ano passado
Investimentos sobem 28,2% em maio ante abril, revela Ipea. Foto: Divulgação
Após registrar um tombo em abril, o Indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) avançou 28,2% em maio ante o mês anterior, informou nesta terça-feira, 7, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A alta é insuficiente para recuperar as quedas registradas em março e abril. Com isso, o trimestre móvel encerrado em maio fechou com retração de 20,6% ante o período imediatamente anterior.

Na comparação com maio de 2019, o indicador recuou 19,6%, enquanto o trimestre móvel terminado em maio ficou 18,4% abaixo do registrado em igual período do ano passado. No acumulado em 12 meses até maio, a FBCF (medida de todos os investimentos no Produto Interno Bruto) encolheu 2,8%, segundo o Ipea.

Na passagem de abril para maio, o consumo aparente de máquinas e equipamentos (produção nacional destinada ao mercado interno acrescida às importações) avançou 68,7%, mas também não bastou para recuperar as perdas de março e abril. O trimestre móvel encerrado em maio registrou tombo de 25,5% ante o trimestre móvel imediatamente anterior nessa componente. Na comparação com maio de 2019, a componente de máquinas e equipamentos recuou 23,7%.

Desagregando o componente entre produção local e importações, o primeiro segmento avançou 22% em maio ante abril. Já a importação de máquinas e equipamentos saltou 145,6%. Na comparação com maio de 2019, houve queda de 42,2% na produção local, enquanto a importação subiu 49,4%.

Já a componente da construção civil avançou 14,1% em maio ante abril, conforme o Indicador Ipea de FBCF, também insuficiente para recuperar perdas recentes. No trimestre móvel terminado em maio, a queda foi de 14,7% ante o período imediatamente anterior. Ante maio de 2019, o componente da construção civil encolheu 16,0%.

Por fim, o componente classificado como "outros", que inclui os investimentos em pesquisa e desenvolvimento, avançaram 2,0% na passagem de abril para maio. No trimestre móvel encerrado em maio, recuaram 16,6% na comparação dessazonalizada. Na comparação com maio de 2019, a queda foi de 18,5%.
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - TCU autoriza renovação de contratos de ferrovias da Vale, a ação deve gerar 65 mil ... TCU autoriza renovação de contratos de ferrovias da Vale, a ação deve gerar 65 mil ...
  2. 2

    2 - Mercado financeiro prevê recuo da economia em 5,95% este ano Mercado financeiro prevê recuo da economia em 5,95% este ano
  3. 3

    3 - Banestes atinge volume de R$ 195,7 milhões liberados nas linhas de crédito emergencial Banestes atinge volume de R$ 195,7 milhões liberados nas linhas de crédito emergencial
  4. 4

    4 - 37 mil militares receberam auxílio emergencial, mostra relatório do governo 37 mil militares receberam auxílio emergencial, mostra relatório do governo
  5. 5

    5 - Secont debate com municípios ações de controle e transparência no combate ao Covid-19 Secont debate com municípios ações de controle e transparência no combate ao Covid-19
  6. 6

    6 - Governo zera impostos de produtos usados no combate ao coronavírus Governo zera impostos de produtos usados no combate ao coronavírus
 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca